Avatar evangelhonanet

No mundo tereis aflições, tende bom ânimo, Eu venci o mundo!

ÚNICA REGRA DE FÉ E PRÁTICA


O Apóstolo Paulo adverte:
Ainda que um anjo desça do céu ou eu mesmo vos pregue outro evangelho diferente do que eu tenho pregado, seja anátema.
Anátema é o mesmo que maldição, na igreja primitiva era também a palavra que designava a expulsão de um membro do seio da igreja ou repreensão severa do mesmo.
Com isso, o apóstolo quer mostrar que o evangelho é único, e tudo que tinha que ser dito, já o fora.
Hoje no mundo moderno onde mil e uma teologias e filosofias campeiam livremente, inclusive no seio da igreja, onde as heresias são mais comuns que as verdades das boas novas proclamadas pelo Cristo, anátema é uma palavra fora de uso e caída no esquecimento, já não faz sentido.
Fica então a pergunta: O evangelho mudou?
Não, definitivamente, não. As palavras do apóstolo das gentes é tão atual quanto atual é o evangelho do Cristo, o que acontece é que lobos em pele de ovelhas introduziram-se, com suas heresias e mentiras descabidas, no meio do povo de Deus e hoje em dia, o que era maldição se tornou comum e poucos distinguem as mentiras inseridas em meio à verdade. Porém como água e óleo, que não se misturam, mentira e verdade também não, pois pode as trevas ter algo em comum com a luz?
Definitivamente, não.
É necessário pois, que busquemos beber da fonte de águas puras que é a palavra de Deus, e não das águas poluídas das filosofias e neoteologias.
Quando se tem conhecimento somos livres, ninguém nos escraviza com palavras e doutrinas heréticas, pois, como disse nosso Senhor: Se as minhas palavras estiverem em vós, sereis verdadeiramente meus discípulos. E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. João 8 vss. 31 e 32
Portanto fica claro o seguinte: Para ser livre é necessário conhecer a verdade, e para conhecer a verdade é necessário que as palavras do Divino Mestre estejam em nós e para que suas palavras estejam em nós é necessário busca-las no único lugar onde as acharemos na sua íntegra e sem deturpações ou manipulações: A Bíblia, nossa única regra de Fé e prática.
Tudo que ultrapassa ou subtrai as palavras da Bíblia é heresia e não provêem de Deus e sim do maligno. Existe um ditado muito comum no meio evangélico que assim diz: Texto fora de contexto é pretexto de heresia. Se observarmos bem, uma prática muito comum no seio da igreja é o uso de versículos isolados, o seja, fora do contexto, o que abre oportunidade para a prática herética, de manipulação de massas. Certo dia, ouvi uma pregação onde o suposto pastor dizia aos fiéis usando um texto do profeta Isaías, mais propriamente o capítulo 1, tal pregador tomou o versículo 15 e o leu para a congregação, vejamos então o texto: Pelo que, quando estendei vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço. As vossas mãos estão cheias de sangue;
Após ler o versículo acima, pediu que todos fechassem suas Bíblias e começou sua pregação onde afirmava com toda convicção, que as orações dos fiéis jamais seriam atendidas pois eles tinham as mãos sujas de sangue, que segundo ele era o sangue da igreja, e que sangue seria esse? O dízimo e as ofertas, ou seja, segundo ele Deus não ouvia as orações dos fiéis porque eles tinham as mãos sujas de sangue, pelos anos que não pagaram o dízimo, portanto, para cada ano que deixaram de pagar deveria ser ofertada uma quantia e em seguida iriam ao altar lavarem suas mãos para se purificarem, então Deus ouviria suas orações. O mais interessante disso tudo é que quase todos ali presentes assim procederam. Eu que nada tinha haver com aquilo tudo e ali estava por ter sido convidado, pois estava em viagem e aqueles que me recebiam com generosidade e sinceridade haviam me convidado a participarem daquela reunião, continuei no meu lugar lendo o texto em questão. Os versículos seguintes dizem assim: 16- lavai-vos, purificai-vos. Tirai a maldade dos vossos atos de diante dos meus olhos! Cessai de fazer o mal,
17- e aprendei a fazer o bem! Praticai o que é reto, ajudai o oprimido. Fazei justiça ao órfão, tratai da causa das viúvas
18 Vinde então, e argüi-me, diz o Senhor. Ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.
19- Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra.
20- Mas se recusardes, e fordes rebeldes, serão devorados à espada. Porque a boca do Senhor assim o disse.
Em todo o capítulo de onde foram extraídos os versículos, não se faz referência a dízimos, muito pelo contrário, no versículo 13, diz assim: Não continueis a trazer ofertas vãs. O incenso é para mim abominação, e também as luas novas, os sábados, e a convocação das congregações, não posso suportar iniqüidade, nem ajuntamento solene.
Deixemos, pois, de lado as filosofias e teologias vãs e nos voltemos para Jesus, autor e consumador da nossa fé, nosso Salvador e Senhor e para a beleza e simplicidade do seu evangelho, como Ele próprio disse:




ligado 20 dezembro 2009 2718 Visualizações





Tag - Pink
Carregando...